segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Espetáculo coloca morte em discussão


Espetáculo coloca morte em discussão


O espetáculo contará com a participação especial de Lorenza Mucida
Por Gislene Mariano
Na próxima quarta-feira, dia 29, o Núcleo de Literatura e Filosofia do CISO trará o espetáculo “Vestida de Cetim”, no auditório do colégio, às 17h30min. Realizado pelo grupo de teatro do curso de filosofia da UESC, Laboratório Criativo, o espetáculo irá abordar o tema da morte, vista sob vários olhares. O evento será coordenado pela professora Irlane Venancio, sob a direção de Lucas Oliveira. O elenco será composto por Anne Silva, Marcia Mascarenhas, Hans Muller, Lucas Oliveira e Lorenza Mucida. O ingresso custa R$ 3,00.
Além do espetáculo, terá também palestras com o tema “A liberdade e a morte”. A Profª Ms. Sílvia Smith fará uma abordagem literária do tema, enquanto o Prof. Antonio Oliveira fará uma abordagem filosófica. Durante as apresentações, acontecerão intervenções musicais e artísticas feitas pelos alunos do CISO.
Para abordar o tema do espetáculo, foram utilizados os textos Geni e o Zepelim de Chico Buarque, Acorda pra Morte Moça de Márcia Mascarenhas e outros textos que enfocam o referido assunto. O eixo norteador que liga as diversas representações da morte assenta-se na filosofia existencialista de Sartre, Heidegger e Schopenhauer, tendo em vista a inevitabilidade da morte, bem como a visão desta como fator de afirmação da própria existência.
Nessa perspectiva, a morte é tomada dentro de várias concepções, desde uma visão bastante materialista, como nos poemas de Augusto dos Anjos, evoluindo para a concepção da morte numa acepção metafórica alusiva a descontração/reconstrução perene dos valores morais, éticos, políticos e sociais que caracterizam o universo hermenêutico.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

"Rodas de conversa com a sociologia"

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), sob a coordenação do Prodocência, realizará o evento "Rodas de conversa com a sociologia", no dia 27 de agosto, no auditório Jorge Amado. O evento, cujo tópico central é Diálogo da Sociologia com o Ensino Médio, é direcionado aos professores do Prodocência, alunos PIBID/UESC e docentes da rede pública.

A programação constará de palestras e oficinas durante todo o dia, e ainda um cine-debate. Contará com a presença de duas doutoras especializadas no ensino da sociologia, as professoras Illeize Fiorelli Silva e Angela Maria Souza Lima, ambas da Universidade Estadual de Londrina (UEL), responsáveis por ministrar as palestras e oficinas do evento.

Seminário de História de Filosofia da Ciência

O Seminário de História de Filosofia da Ciência vem sendo organizado a cada dois anos, desde 2004, e tem como um de seus objetivos integrar os trabalhos desenvolvidos em duas Universidades Estaduais da Bahia (UESC e UEFS), na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e na USP. Nas edições anteriores, tal objetivo foi plenamente alcançado. Justamente em virtude do intenso trabalho de articulação e cooperação acadêmica, contamos, em 2006, com a participação de professores e alunos dos programas de pós-graduação de universidades do Paraná (UFPR, UEL, UEM, UNIOESTE e UNICENTRO), além de professores e alunos de pós-graduação das universidades anteriormente indicadas. A edição anterior, em 2008, promoveu a ampliação das relações com outras universidades (UERJ e UFSC), de forma a integrar pesquisadores que vêm trabalhando há algum tempo com questões voltadas para o campo da biologia e da história da medicina.

Nesta quarta edição do Seminário de HFC, a ser realizado no período de 17 a 20 de agosto de 2010, será dada continuidade ao trabalho aglutinador dos estudos realizados por dois grupos de pesquisa “Estudos de Filosofia, História e Sociologia da Ciência e da Tecnologia” (USP) e “Epistemologia e História da Filosofia da Natureza” (UESC); pelo programa de pós-graduação em Filosofia da UFBA e pelo programa de pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UEFS-UFBA. Além disso, um indicador do crescimento desse encontro, que é fruto dos contatos estabelecidos a partir do seminário de 2006, bem como de outros encontros realizados ao longo dos anos seguintes, a exemplo do VI Encontro AFHIC e do XI Seminário da SBHC, realizados em 2008, consiste na ampliação da participação de conceituados pesquisadores na área. Dessa forma, o grupo de pesquisa, sediado na UESC, procura consolidar esses laços por meio do intercâmbio existente entre a USP, a UERJ, a UFSC e a UFBA, possibilitado pela edição anterior do Seminário de História e Filosofia da Ciência.

Por fim, cumpre registrar que o seminário tem propiciado a inserção desta universidade no âmbito das discussões que vêm sendo desenvolvidas em outras instituições de ensino superior, por meio da ampliação visível pela qual o seminário vem passando a cada reedição com a participação de pesquisadores de diversas universidades.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Drink Filosofico


Acontecerá no "céu" da UESC, dia 26 de maio, às 18:30 . O Drink Filosofico, que tem como tema : A morte: Um tema sobre varios olhares. O evento conta com a Coordenação do Professor Aldineto Miranda e com a participação de três convidados à iniciar debate sobre o tema:

Prof: Dr. Savio Rosa (FILOSOFO)
Prof: Drª: Flávia Melo (ANTROPOLOGA)
Prof.: Luiz Cézar Melo (PSIQUIATRA)


Durante os debates acontecerão intervenções musicais e artisticas. No teatro, o Laboratório Criativo surge com a apresentação :
Acorda pra morte moça ( Hans Muller, Lucas Oliveira, Márcia Mascarenhas e Tacila Sousa). Antonio Oliveira surge com o Monologo dirigido por Zélia Possidonio, com o titulo: A mala da decadência.
Comandando a musica, aparece nos palcos o músico : Zenon Moreira, que em parceria com Marise Guedes, comandará o som.

Estamos contando com a presença de todos vocês!


terça-feira, 13 de abril de 2010

Crítica: revista de filosofia

Não sei se os leitores do blog têm notado, - alguém me disse que não - mas há um menu ao lado direito da tela com uma lista de revistas de Filosofia com links para suas respectivas páginas. As revistas de filosofia, todas elas periódicas, algumas há muito sem apresentar novas edições, outras sempre atualizadas, constituem fonte de referência primordial para o estudante de Filosofia. Através destas revistas temos a oportunidade de nos mantermos informados e atualizados a respeito do que está sendo produzido pelos pesquisadores associados aos grandes centros acadêmicos do país. Estes centros por sua vez, de modo regular, definem suas linhas de pesquisa em conexão e sintonia com os centros acadêmicos dos países estrangeiros. Nos pondo em contato com essas produções, também nos inserimos no todo da comunidade filosófica, mesmo que à margem enquanto meros estudantes curiosos. Ao estudante de filosofia, muitas qualidades podem faltar, menos curiosidade intelectual.

Curiosidade intelectual a mim nunca faltou. Desde que descobri a intensidade do prazer inerente ao tratamento dos problemas filosóficos, me comportei feito uma abelha tonta voando de flor em flor para coletar o pólen. Não houve local onde mais descontroladamente pude satisfazer minha curiosidade do que numa revista on-line editada por um filósofo português, escritor e professor de Filosofia da UFOP, o Desidério Murcho, juntamente com a participação de uma turma de filósofos competentes.

A Crítica possui uma orientação própria em publicações, talvez nova para o leitor. É pouco comum nos depararmos no site da revista ou no blog com artigos, recensões ou resenhas de livros, debates e traduções acerca de filósofos como Hegel, Fichte e Schelling, a trupe do idealismo alemão pós-kantiano, Nietzsche, os fenomenólogos tais como Husserl, Merleau-Ponty, Heidegger e Sartre, ou os estruturalistas e pós-modernos Lacan, Lyotard, Kristeva, Derrida e Foucalt. Esses filósofos compõe uma tradição mais ou menos homogênea que se desenvolveu principalmente na europa continental e que por isto mesmo é chamada de Filosofia Continental. A obra destes filósofos caracteriza-se muitas vezes em algum aspecto pela falta de rigor e clareza no tratamente dos problemas filosóficos.

Por outro lado, há uma tradição que preza justamente por estes elementos variavelmente desprezados pelos continentais, a tradição analítica na Filosofia. Clareza ao apontar os problemas em questão, rigor na utilização dos conceitos e na elaboração dos argumentos, sempre servida da lógica - a disciplina - para mais seguramente realizar seus objetivos, a Filosofia Analítica se delineia tradicionalmente junto à filósofos como Platão, Aristóteles, Descartes, Hume, Berkeley e Locke, os empiristas britânicos, Leibniz, Kant, se firmando como uma tradição distinta e em contraste com outros modos de reflexão filosófica apartir de Frege e Russell e da incrementação da lógica que passa a ser um instrumento essencial por garantir coerência às resoluções para os diversos problemas.

Atentando-se para o conteúdo da Crítica ao navegar através dos menus divididos em diferentes áreas da filosofia, o leitor, especialmente nós alunos da UESC, habituados a ouvir repetidas vezes da boca de nossos professores o nome de filósofos canônicos como Heidegger por exemplo, irá se deparar com textos assinados por filosófos a respeito de quem nunca ouviram falar e possivelmente não ouviriam falar se se limitassem a seguir a orientação dos professores. Mas não estamos na universidade apenas para ouvi-los despejar sobre nós as predileções por autores que eles trazem como influências dos centros acadêmicos que os formaram e de suas afinidades eletivas ajuizadas sobre valores íntimos que merecem sempre serem postos em questão. Quem nos parecerá mais claros, rigorosos, e autenticamente filosóficos, serão os prediletos de nossos professores ou os autores que nos derem provas de serem possuidores de tais qualidades apartir da leitura de seus textos? Refletindo melhor sobre a questão somos inevitavelmente levados a avaliar o critério bibliográfico dos nossos professores, e por conseguinte a adquirir autonomia na escolha destas bibliografias, e mesmo no juízo deste ou daquele método ou tradição filosófica.

Quero lhes fazer na verdade um chamado para o novo. Dentre tantas revistas listadas no nosso menu, a Crítica merece o destaque não só, vocês podem pensar, em razão de se tratar de uma predileção minha já justificada aqui por mim, mas por proporcionar ao estudo uma gama diferenciada de perspectivas da Filosofia com a qual nos devemos por em contato dado o seu valor próprio. A Crítica possui um conteúdo vasto que abrange as principais e laterais áreas da Filosofia, de muito rigor e clareza sempre, qualidades indispensáveis à nossa formação filosófica.

Site: www.criticanarede.com
Blog: http://blog.criticanarede.com/

quinta-feira, 25 de março de 2010

Curso de Extensão: Leitura de Obras Filosóficas

Foi publicado no site da universidade o edital que anuncia a abertura apartir do dia 29 de março das inscrições para o CURSO DE EXTENSÃO – Leitura de Obras Filosóficas – Teogonia de Hesíodo. O curso será ministrado pelos nossos professores Roberto Sávio e Lourival 'Piligra'. O edital está disponível no endereço http://www.uesc.br/publicacoes/editais/03.2010/025.rtf

quinta-feira, 18 de março de 2010

XIV Encontro Nacional de Filosofia

A Associação Nacional de Pós-Graduação em Filosofia, a Anpof, está com as inscrições abertas para participar do XIV Encontro Nacional de Filosofia que ocorrerá desta vez na cidade de Águas de Lindóia, interior de São Paulo. Trata-se do maior encontro de Filosofia promovido no país, que, em sua última edição em Canela - RS contou com a aprovação de mais de 600 trabalhos de acadêmicos em variadas áreas de investigação em Filosofia.

Pelo que observei de uma foto em um mural na calourada deste ano, já ocorreu dos estudantes da UESC se reunirem de partida para uma das edições anteriores do encontro. Para a edição deste ano ainda não ouvi comentários da possibilidade de nova reunião com a intenção de marcar presença. É importante que, acaso haja o interesse dos estudantes, nos organizemos em debates para pensar as condições de uma possível ida ao encontro, e que se dê início o quanto antes, pois os valores para inscrição sofrem reajustes com a próximidade do evento.

Informações específicas em http://www.anpof.org.br/encontros/14/index.php